Não sei desenhar e agora? Verdades e fatos

Se você é novo(a) na arquitetura, ou mesmo veterano, saiba que existem muitas coisas que você nem imagina que irá passar durante o 4 ou 5 anos de curso, inclusive que horas de sono valem ouro. Por isso listei algumas coisas que todo estudante de arquitetura deveria saber:

01. Não é porque você não sabe desenhar que estará fadado ao fracasso

A arquitetura é um método de representação, e hoje em dia encontramos diversas outras formas de representação muito mais eficientes e mais semelhantes com a realidade do que o desenho propriamente dito. Arquitetura nada mais é do que uma adaptação às ferramentas existentes para representação da realidade. Então fique tranquilo(a) que você não será um arquiteto fracassado e irá desenvolver aptidões, mesmo que mínimas, para desenhar e mandará muito bem no CAD.

 


02. Fazer projeto dá trabalho

Obrigatoriamente você terá que aprender a mexer com CAD, e softwares de modelagem 3D, entre outros semelhantes durante o curso. Afinal, você só fará isso para o resto da vida.

 


03. Horas de sono valem ouro

Não vá achando que a faculdade de arquitetura e urbanismo será aquela maravilha que era nos tempos de colégio. Os dias serão mais longos e as noites de sono – muito mais – curtas, e você não conseguirá fazer no dia anterior à entrega aquele projeto que deixou para fazer em cima da hora, afinal, são trabalhosos, cheios de detalhes e demandam tempo.

 


04. Você ficará viciado(a) em café, chá, energético – ou nos três

Sim, apesar do café ser o companheiro oficial dos arquitetos madrugadas a dentro desenhando no CAD, o chá também tem lá seus adeptos por possuir quantidade semelhante de cafeína e ajudar manter focado por mais tempo, além de ser antioxidante. Além disso, provavelmente litros de energéticos serão itens constante em sua lista de compras do supermercado.

 


05. Desenhar a mão é essencial

Mesmo que você não tenha tanta prática ou aptidão para desenhar sem o auxílio do mouse do computador, saiba que o bom e velho lápis/lapiseira ajuda a estimular a criatividade e desenvolver novas formas de pensar, além é claro, de aprimorar os traços e as maneiras de se comunicar. E não se preocupe, você irá rasgar muito papel vegetal!

 

 


 

06. Sim, você irá fazer maquetes. E muitas!

As maquetes são as representações “reais” em escala reduzida do que você teoricamente irá executar na prática um dia. Portanto, prepare-se para esfolar os dedos com estiletes e se sujar de tinta. Mulherada, esqueçam fazer a unha nesses dias!

 

 


 

07. Você irá gastar bastante com plotagem e materiais

Vida de universitário já não costuma ser fácil, na arquitetura então você pode elevar isso à quinta potência. Durante todo o curso você precisará comprar materiais escolares diversos para desenho, maquete, etc., além dos quilômetros de projetos plotados.

 

 


 

08. Final de semestre é sempre igual

Nas últimas semanas do semestre, quando estiver chagando a data para entrega final do projeto você já estará mais louco(a) que pode imaginar, se irritando com o colega de grupo que não vez nada e agora quer que coloque o nome dele no trabalho (geralmente os homens), com a TPM, noites mal ou quase não dormidas… mas no final tudo dará certo, ou não.

 

 


 

09. Assine revistas e busque referências

O que mais um arquiteto faz é buscar referência e inspiração para seus projetos, isso é muito importante e desperta o seu lado criativo.

 

 


 

10. A coisa mais difícil será conseguir um estágio em obra, se conforme ou dê sorte

Infelizmente, para os arquitetos, um estágio na obra não é tão fácil de se conseguir quanto para um engenheiro. Ao mesmo tempo, é muito comum visitar obras, ou então, para quem trabalhar na área de desenvolvimento tecnológico isso será mais constante.

 

 


 

11. Vá a exposições, museus, etc.

A busca pela cultura, história, criatividade e inspiração é essencial para o estudante de arquitetura. Simples assim, entenda isso ou desista. Isso não significa que você precisa sair pelo mundo viajando, explore sua cidade, com certeza ela tem história pra contar.

 

 


 

12. Aprenda a fotografar

Não precisa comprar uma câmera profissional daquelas caras, hoje muitos smartphones por aí permitem que você tire fotos incríveis. Eu costumo dizer que a criatividade é que dita o que a fotografia quer dizer. O tempo e os registros que fizer te mostrará a capacidade que temos em desenvolver o olhar por trás das coisas, além de ser um ótimo exercício mental.

 

 


 

13. Compre um bom estilete

Invista em um bom estilete, de preferência daqueles com a lâmina preta, suas maquetes agradecerão. Lembre-se: o barato sai caro! 😉

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s